5.4.11

Planeamento

O que é agora? Manutenção normal? Avarias? Boicote de campanha presidencial? A empresa de electricidade aderiu a um plano global de arrefecimento do planeta? Qual é a desculpa agora pela falta sistemática de electricidade? Alguma razão plausível? Ou trata-se de uma plano misterioso que não sabemos?

De acordo com uma sábia análise de um sábio amigo, Cabo Verde vai crescer a 2 dígitos sem electricidade; imaginem se fosse com electricidade; passaríamos a 3 dígitos! Tá explicado: trata-se de um plano de contenção, para que o mundo nos acompanhe.

19 comentários:

Anónimo disse...

hahahahhah
É rir para náo chorar!!!!

Anónimo disse...

Caro Cesár,será que o Conselho de Admistração da ELECTRA vai continuar? E octual e sempiterno Director Geral da Energia?

Anónimo disse...

César
Com todo o respeito. Essas reclamações soam a hipocrisia.
Na hora de votares para uma mudança que está claro ser necessária votaste concerteza na manutenção das mesmas políticas e consequentemente dos mesmos fracassos.
Porquê continuas com essa mandadura de boca??? Que eu saiba o direito a mandadura de bocas cabe aos que não escolheram a manutenção dessa palhaçada que certamente não é o teu caso.

Vocês são um grupo que fazem que nem ratos "mordem e assopram".

Pelo amor de Deus pessoal...

Cesar Schofield Cardoso disse...

Mudança???...Ratos??? Não me faça rir, ilustre Anónimo.

Anónimo disse...

anónimo chato, tu deves estar com esta derrota mesmo travessada, faz-me lembrar aqueles badius que nasceram com São Vicente travessado no cú.

Cesar Schofield Cardoso disse...

Publiquei, mas por favor mantenham o nível de linguagem; detesto ter que rejeitar comentários

Obrigado

Anónimo disse...

...E queres comparar essa achada com os paises mais desenvolvidos a todos os niveis do mundo!!

Como te disse vivo ha mais de 30 anos entre Paris, Madrid, Londres, Berlim entre outros, e nunca mas nunca mesmo eu soube o que é um corte de luz de 1 minuto sequer!

Como podem entender a imagem da caverna platonica se nem petroleo para candeia se têm?!

Isto é uma brincadeira, uma man gatxada!

Ivan Santos disse...

Caro anónimo #3, esclarece-me uma duvida que me atravessa a alma, mas bem devagar...já q sou leigo em cidadania e dever civico.
Então,supondo que eu vote no partido A e esse partido ganha as eleições para governar o país, contudo esse mesmo partido A que compõe o governo, fez/faz digamos algumas "asneiras", mete os pés pelas mãos, toma decisões "erradas"...enfim faz um trabalho de m**** (desculpa lá César)...ainda assim eu que votei no partido A, devo (tenho) que ficar calado, apático (que por acaso é o q mais acontece por estas bandas)...sem poder dizer um pio...pq votei no partido A e não tenho legitimidade sequer de o criticar!!!??é isso??

Cesar Schofield Cardoso disse...

Ivan, essa é uma lógica perniciosa e, infelizmente prática corrente na nossa sociedade. Segundo essa lógica, só exerço o meu direito de crítica contra o partido no poder, que NÃO votei. Porque se está no poder o partido que votei, então devo calar-me.

Inúmeras vezes debatemos esse tema aqui: uma coisa é a escolha na hora do voto, segundo o julgamento íntimo de cada qual, seja por que critério for - amizade, simpatia, prudência, convicção, etc. - outra coisa é o exercício da crítica permanente. Aliás devia criticar mais ainda o partido que votei, porque dei-lhe um crédito e não quero o meu crédito mal parado.

Saudações.

Anónimo disse...

Oh Ivan, copiaste o teu texto no blogue do Edy? E' que li do outro lado quase o mesmo texto.

Mas, vou-te responder, apesar do teu silogismo meter agua.

Respondo igualmente ao César, que pelos vistos continua a nao entender.

Hao-de me desculpar, mas vocês nao estao a compreender porque o primeiro nao percebe nada de silogismos e de logica, e o segundo, ser teimoso.

Porque nao têm pergaminhos suficientes para serem meus estudantes (aluno seria uma ofensa!) limito-me a ficar pelo basilar.

Nao, rapazes, podem e devem criticar o vosso partido, o partido no qual votaram! Entendido ou nao?! Estao a ver que até vos dou razao?

Mas vocês fingem compreender, ou entao decididamente nao estao mesmo à altura de seguir sequer o primeiro ano de filosofia, politica ou direito. Se nao entendem textos de base, como podem analisar Platao, Wittgenstein ou a filosofia penal de Jorge Carlos Fonseca?!!!!

Meus senhores, o problema nao é criticarem o PAICV.

O problema é votarem no PAICV, conhecendo todas as suas lacunas nas matérias que estao a criticar agora, nao esperando nem pelos célebres 100 dias de governaçao de graça, quer dizer sem criticar?

O problema, é votarem no PAICV, sabendo que todo o seu discurso de campanha esteve assente na mentira.

Mas eu eu percebo o vosso desarire; tem uma leitura psicanalitica. Sentem-se frustrados, porque sabiam que o PAICV estava a mentir, mas mesmo assim, disseram convosco: "nao, vamos la dar mais uma oprtunidade ao nosso partido historico, porque desta vez nao nos vai enganar".

E' nao conhecer rigorosamente nada da psicologia politica, da diria mesmo antropologia politica.

E' alias por essa razao que César, continua a nao perceber nada do que é viver em democracia liberal e estado de direito. E" por essa razao que ele tem o desplante de comparar o PAICV e Zé Maria, que têm uma culura totalitaria e comunista, com o MPD e Carlos Veiga que deram-vos esta liberdade de criticar abertamente sem medo de irem para a cadeia.

E' por essa razao que César, confunde derrapagens do MPD nos anos 90 com uma cultura totalitarista de partido unico, preferindo, o que é o cumulo, esta ultima. Para César, Veiga, é um diabo em pessoa, pelo que ele votará sempre em Zé Maria, mesmo que nunca venha a ter luz eletrica com os sucessivos governos do PAICV.

Isto é ontológico, é uma postura filosofica, que César e agora o Ivan nao percebem; nao é minha culpa; mas como dizia ao César o seu idolo tem um nivel intelectual do curso preparatorio (o que ja é um elogia dos diabos) duma escola superior de elite em França.

E' um elogio, mas nao passa de dois anos de um curso superior, o que é muito pouco para se perceber problemas politicos e filosoficos.

Estao a bater com a cabeça na parede, por uma razao muito simples a vossa politico-filosofica é muito sofrivel. Estao na incapacidade total de entender os dialogos de Platao, as duas Eticas de Aristoteles, as Criticas de Kant ou o Espirito das Leis de Montesquieu.

Uma vez mais, peço-vos encarecidamente para estudarem. Mas que diabo, é pedir-vos demais, o simples facto de pegarem nos livros? O nosso problema em Cabo Verde, é que temos a mania que nao é preciso estudarmos para emitirmos opiniao.

Desculpem la, mas nao estao preparados intlectualmente para compreender e debater estes assuntos politicos. A referência de César é o livrinho de reportagem de José Vicente, quando aqui as referências sao as que acabei de citar. Peguem nesses autores..... nao, antes disso peguem num manual de filosofia e de politica de nivel de decimo segundo ano para aprenderem as bases e so depois entao os livros que citei.

Mais nao posso fazer!!!

Anónimo disse...

Não, não é isso prezado Ivan. O outro anónimo acha que não faz sentido de andarmos a criticar velhos problemas, e logo no momento que estas críticas poderiam fazer uma grande diferença,as pessoas simplesmente decidem "auto-calarem-se". Depois de passar o período frenético, voltam a carga, tratando o assunto como se fosse algo novo...

Cesar Schofield Cardoso disse...

Caro penúltimo Anónimo (que não é tão anónimo como isso, só se finge de anónimo aqui), se não desistirem de Carlos Veiga, nem tu e nem qualquer outro democrata do MPD vão ter a oportunidade de pôr em prática esta grande cultura democrática que desfilas aqui. Sabes, eu teria uma enorme curiosidade em ver, se ganhasses a vez que concorreste, na prática, a tua cultura democrática. Porque pelo discurso, depois de deus vens tu, mais abaixo, com uma grande distância, vem o resto dos mortais.

Presencialmente és menos hipócrita e mais construtivo (ou não aguentas os confrontos dos olhos)

Ivan Santos disse...

OHH anónimo faz-me rir...e mto sabes!
E acabaste de despertar em mim um sentimento de inveja...é pá como é que uma pessoa consegue reunir tantos conhecimentos de silogismo, lógica, filosofia, politica, direito, psicologia politica, antropologia politica, democracia liberal, estado de direito, entre outras coisas...e ainda por cima ser BRUXO!!!sim pq só podes ser bruxo para saber em que partido votei ou deixei de votar e qual a minha ideologia politica!!!Fiz um simples questão, que em vez de responderes contornaste...eu refaço a pergunta nestes moldes: "Se MPD ganha as eleições, forma governo, e por um acaso (prefiro chama-lo assim) por exemplo não cumpre com o programa do governo (só um exemplo, poderia ser outra coisa) e imaginemos que tu votes no MPD, preferes ficar calado, aceitas td como se fosses um carneirinho...ou criticarias (já que és expert em filosofia,politica,democracia liberal, etc etc)o governo por estar a fazer um péssimo trabalho!?

Repito é uma pergunta simples de um cidadão sem cor partidária, preocupado, assim como tod@s @s caboverdian@s no bom desenvolvimento do país!Portanto não me venhas com rodeios nem bruxarias,okay!!!

Anónimo disse...

Mas que debate picante! Outra vez politica, outra vez Jose Maria e Carlos Veiga. Minha nossa Sra. esqueçam isso...

O Veiga se tem (tinha) capacidade para salvar Cabo Verde dos problemas que vivemos no dia-a-dia, então essa capacidade ficou oculta, porque ele não soube mostrar e convecer o povo o que iria fazer, estava no ar.

Eu por exemplo estava indeciso, a espera que o MPD me convencesse, porque realmente eu queria uma mudança no Governo de Cabo Verde, mas foram fracos nesse aspecto.

Não se pode votar para mudar, só por vontade, ha que analisar as propostas e alternativas, e para mim não houve alternativas crediveis a altura.

Anónimo disse...

Oh Ivan, ja te disse que nao tens perfil para seres meu estudante! So um mediocre como tu, é que nao sabe que todos os itens que alinhaste, retomados claro da minha pena, estao interligados.

Silogismo tem a ver com logica e com filosofia, democracia liberal com filosofia, politica e direito.

Tu és mesmo fraco! Es tao fraco que voltaste a pôr a tua pergunta para a qual ja respondi. Falei-te inclusivé na regra dos 100 dias de governaçao. Se soubesses politica saberias interpretar, ou serà porque ainda nao ha democracia em Cabo Verde e estado de direito, pelo que nao conheces a regra?!

Bem, quanto ao César, tu devias estar contente por eu provocar debate e nao com anonimos e hipocrisias. So se fores bruxo, como diz o Ivan, para saberes que sou um hipocrita que tem medo de te ver nos olhos.

Oh rapaz nao sejas teimoso, eu nao posso ver-te nos olhos, por uma simples razao, nao vivo na Praia. Ja te disse que vivo ha mais de 30 anos no estrangeiro.

Vivo e trabalho no estrangeiro, e para o desespero do Ivan, sou sim senhor um "expert". Devo fazer parte dos 10 caboverdianos mais brilhantes no estrangeiro.

Sim, sim, eu sei que nao sou modesto quando apanho pela frente gentinha como Ivan.

Sobre cultura democratica, César tu continuas a sonhar! Essa coisa ainda nao existe na tua terra. Começou a existir com Carlos Veiga queres queira quer nao, mas foi sol de pouca dura.

Repito, tu nao estàs preparado para entenderes os feitos que Veiga e o MPD fizeram em matéria de liberdades, de razao livre, (conheces esse conceito de moral filosofica?!) e de estado de direito democratico.

E' o dilema da maioria da nossa classe alta média dita letrada. Gente como tu e Ivan nao sabe o que é a filosofia liberal, o que é viver em liberdade!....

Repito: nao estou em Cabo Verde; Nao estejas a ver em mim algum conhecido, até porque pertencemos a geraçoes diferentes. Quando deixei a terra eras miudo. Sou da geraçao de 74, quando o Partido como eles diziam, nao aceitava grupos de mais de 1 pessoa na ponta da Praça Nova!

Vocês vivem em liberdade que o MPD instalou em Cabo Verde, mas nao dao a devida importância do que é este conceito, estudado por John Mill, Montesquieu, Tocqueville,John Locke, Isaiah Israel, Benjamim Constant, Hayek e outros.

Toda essa gente citada tem a ver com ética, moral, filosofia, direito e politica, diz isso ao Ivan, porque ele nao sabe....

Ivan Santos disse...

pronto mais um criolo chico esperto que acha q sabe td...que detêm a verdade verdadeira das coisas...que acha que só pq vive no estrangeiro, estudou no estrangeiro...é um ser superior aos mortais que vivem (ou sobrevivem) aqui em Cabo Verde...blá,blá,blá,blá...santa paciência pá...

oh Al Binda...bom fim de semana...eu é que não tenho pra pessoas como tu!!!

EFR disse...

Partilho convosco uma das minhas máximas favoritas:
“A vida é uma pedra de amolar: desgasta-nos ou afia-nos, conforme o metal de que somos feitos.”
Bernard Shaw

Anónimo disse...

Pois é, doutor, aqui é mais uma pedra rolada que o caboverdiano vai ter que transportar às costas!

Mas prefiro ler da sua pena citaçoes de Sun Zi ou Clausewitz do que Bernard Shaw.

Venha dar umas liçoes a esses seus pupilos porque andam perdidos!!!

Anónimo disse...

Cesár, mudando de assunto.

A vaga Secretário Geral da Assembleia Nacional acaba de ser ocupada por um fresco aposentado, com violação expressa de um Decreto-Lei de 1994 que estabelece quais os cargos que devem ser preenchidos pelos aposentados.
Ãquele diploma não prevé o cargo dirigente, logo tal noemação é ilegal.

Aqui, na Assembleia Nacional, temos vários quadros que podiam ser nomeados para o cargo. Mas o novo Presidente apostou em fortalecer as finanças de um amigo seu, permitindo que ele levasse para a casa mais duzentos contos , além a pensão do mesmo montante.

Começou mal esta Legislatura...